Valerie Tasso, autora do best-seller “Diário de Uma Ninfomaníaca”, é Convidada de Honra do ErosPorto

Ex-prostituta, escritora, investigadora e sexóloga francesa

Foi prostituta de luxo por questões económicas mas também por necessidade de se conhecer a si mesma e aos seus limites. Autora de várias obras autobiográficas, entre as quais “Diário de Uma Ninfomaníaca”, best-seller transposto para o cinema, a conceituada sexóloga francesa Valerie Tasso é a Convidada de Honra do IX ErosPorto – Salão Erótico do Porto 2016, que se realiza de 10 a 13 de março, na Exponor.

Ao fim de seis meses a exercer a atividade de prostituta, Valerie Tasso consegue atingir os seus objetivos: pagar todas as dívidas e reconciliar-se com os homens. As experiências sexuais que viveu ao longo deste período surgem em livro quatro anos mais tarde com o lançamento de “Diário de Uma Ninfomaníaca” (2003). A obra, publicada em 15 países, incluindo Portugal, ganha rapidamente destaque internacional e desperta a atenção do realizador espanhol Christian Molina que a transpõe para o grande ecrã em 2008.

Atualmente, e depois de oito livros lançados, Valerie Tasso, formada em Ciências Económicas, Línguas Estrangeiras e Terapia Sexual, é investigadora, conferencista e reputada sexóloga, com participação ativa em programas de televisão e rádio e a publicação de artigos em jornais e revistas, sobretudo em Espanha, onde vive e trabalha há vários anos. É especialista em Terapia Sexual e do Casal, assim como em disfunções sexuais comuns.

A sua experiência e o seu pensamento vão poder ser conhecidos durante o Salão Erótico do Porto, onde realiza uma conferência dedicada aos preconceitos sobre o sexo na nossa sociedade, no dia 10 de março, pelas 21h30.

Depois de “Diário de Uma Ninfomaníaca”, em que relata, sem tabus, as suas experiências sexuais, Tasso lança em 2004 “Paris la Nuit”, onde propõe uma redefinição total dos sexos, sugerindo não existirem homossexuais ou heterossexuais, apenas pessoas e, todas elas, bissexuais. Já em o “O Outro Lado do Sexo” (2006) viaja até ao Reino do Outro Mundo, um castelo onde as mulheres dominam os homens, acompanha os voyeurs da Casa de Campo de Madrid e experimenta o “orgasmo massivo e prolongado”.

Em “Antimanual do Sexo” (2008) procura demonstrar que nunca falamos de sexo mas sim do que denomina de “discurso sexual padrão”, construído a partir de tópicos e clichés. Desconstrói os “lugares comuns”, não para formar um novo discurso, mas sim para questionar o existente.

Nos anos seguintes continua a escrever ativamente, lançando o romance “Saberei cada um dos teus Segredos” (2010), “Diário de Uma Mulher Pública” (2011) e “O Método Valerie” (2013). “Confissões sem Vergonha”, de 2015, é o seu livro mais recente, no qual, pela primeira vez, coloca as mulheres espanholas a contarem abertamente as suas fantasias sexuais.

Para além de Valerie Tasso, o IX ErosPorto – Salão Erótico do Porto conta com a presença dos mais importantes nomes da indústria do entretenimento para adultos, entre os quais os portugueses Erica Fontes, atriz e produtora, e Fostter Riviera, ator de filmes gay, ambos porta-vozes desta edição, assim como de Sá Leão, o mais famoso realizador nacional.

No ErosPorto 2016 participam mais de 100 artistas nacionais e internacionais, provenientes de vários países da Europa e América Latina. Atrizes, atores, strippers, pole dancers, drag queens e transformistas são apenas alguns dos protagonistas que poderão ser vistos em 12 palcos e áreas privadas com espetáculos diversificados e contínuos.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments