Transgrancanaria: Armando Teixeira corta a meta em 13º lugar

O atleta da Salomon Suunto Portugal fez os 125 km da Transgrancanaria HG em 15h11m e cortou a meta em 13º lugar juntamente com o francês Sebastien Chaigneau, vencedor por duas vezes desta prova. Não foi a primeira vez que Armando e Sebastien marcaram o ritmo juntos, já que em 2012 quando o francês ganhou pela primeira vez, Armando foi segundo e fizeram uma grande parte da prova juntos.

“Foi um privilégio voltar a partilhar estes trilhos da Gran Canaria com o Sebastien, um grande nome do trail mundial e uma pessoa que admiro e por quem tenho muito respeito”, afirmou Teixeira.

O vencedor foi o norueguês Didrik Hermansen (12h41m) segundo lugar na edição passada, e novo recorde da prova, seguido do lituano Gediminas Grinius (12h45m) e do espanhol Pau Capell Gil (13h11m)

Armando Teixeira começou a prova no ritmo do Campeão do Ultra Trail World Tour 2015, o francês Antoine Guillon e seguiram juntos por 80 km até Roque Nublo. Para o atleta português, este é sempre o momento mais emblemático da prova – já amanheceu e a vista a 1800 metros de altitude é deslumbrante, avistando-se toda a ilha e o seu vulcão.

À saída do abastecimento de Roque Nublo, Sebastien Chaigneau juntou-se a Armando e Antoine e seguiram juntos por 20 km, até Guillon arrancar. Armando Teixeira e Sebastien Chaigneu estavam com a mesma motivação – acabar a prova, sentiam-se confortáveis com o lugar ocupado na tabela e decidiram ajudar-se um ao outro nos 25 km finais.

“Os quilómetros finais são sempre a descer por trilhos muito inclinados e cheios de cascalho que resvala. Foi um privilégio fazê-los com o Sebastien. Estou muito satisfeito com o resultado, fiz menos duas horas do que no ano passado e foi muito bom começar a a época com atletas de nível mundial e saber que me respeitam”, sublinhou Armando Teixeira.

A única representante portuguesa, Lucinda Sousa, terminou a prova em 8º lugar da geral feminina. Dos restantes portugueses em prova três ficaram no top 30 – Francisco Freitas em 15º, Leonardo Diogo em 23º e Rui Pacheco em 30º.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments