Direitos Reservados

Será no início de setembro que as “Rabelas” vão ligar as ribeiras de Porto e Gaia, num serviço de táxi fluvial no rio Douro, garantiu a empresa promotora.

The Fladgate Partnership, empresa responsável por estas travessias, vai colocar duas embarcações “Rabelas”, em funcionamento permanente para ligar as duas margens do rio Douro, em travessias com duração de três minutos, com intervalos de 15 minutos.

Com este serviço disponível ao público, é esperado que diminua o número de pessoas que passem pelos passeios do tabuleiro inferior da Ponte Luis I, passeios esses que estão em mau estado e são estreitos para a quantidade de pessoas que por lá passam.

Direitos Reservados
Direitos Reservados

Agora que as licenças estão atribuidas, é hora de serem construidos os dois cais em simultâneo, locais onde vão atracar as embarcações. No lado do Porto será no topo montante do Cais da Estiva. Do lado de Vila Nova de Gaia, será instalado a jusante do Cais de Gaia, em frente à sede do Fluvial. As plataformas terão 12 metros e vão demorar duas semanas a serem colocadas.

A segunda embarcação está ainda em construção em Setúbal, mas deverá chegar ao rio Douro a 15 de setembro. As embarcações têm capacidade para 28 passageiros e dois tripulantes, uma cabine interior e motor fora de bordo. Uma chama-se “Serra do Pilar” e a outra “Casa do Infante”. Durante o verão, as travessias vão começar às 09h00 e terminar às 20h30.

As viagens irão durar três minutos e terão um custo de três euros cada. Este novo serviço de táxi fluvial no Rio Douro pretende transportar cerca de 200 mil passageiros durante o ano de 2017.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments