Portugal ocupa o terceiro lugar no mundial que vai amanhã lutar pelas últimas ondas da Grande Plage, em Biarritz. Com um espírito de equipa arrebatador e dotado de uma forte motivação, a equipa das quinas está cada vez mais perto de subir ao pódio. Pedro Henrique é o único surfista português em prova e disputa amanhã as meias-finais com França, Espanha e México.

Foi Miguel Blanco quem inaugurou a primeira prova deste dia para Portugal, terminando na segunda posição com 11.27, uma diferença de apenas 0.87 pts para o austríaco Jonas Bachan. Na bateria dos oitavos de final, Blanco voltou a aumentar a motivação dos colegas, com duas grandes exibições na casa dos 6 valores (6.90 e 6.57) e apurou-se para os quartos-de-final. Aqui o jovem, mesmo conseguindo algumas das melhores ondas do heat, ficou a precisar de 5.24 pts para seguir em frente e viu-se, assim, afastado desta edição dos ISA World Surfing Games.

Já o atleta Pedro Henrique voltou a dar nas vistas em Biarritz. O surfista disputou o seu heat dos oitavos de final com Jhony Corzo (11.26) Elivelton Santos (8.60) Wesley Dantas (8.73), assumindo a liderança com uns 11.87 pts. Na parte da tarde, ouviu-se o sinal para o heat número 121 onde o campeão nacional garantiu a sua passagem para as meias-finais com um score de 13.90 pts e um surf de muita qualidade.

Contudo, as notícias nem sempre foram positivas para Portugal. O jovem Guilherme Fonseca entrou numa bateria muito disputada, reunindo 9.60 pontos. Um score, no entanto, insuficiente para avançar competição.

David Raimundo, selecionador nacional, afirma que “o dia foi bastante positivo para Portugal, mas com sabor agridoce. Conseguimos colocar o Pedro nas meias-finais. O Miguel perdeu injustamente nos quartos-de-final e o Gui nos oitavos numa bateria super renhida e por apenas 0.17 pontos. Matematicamente a França já é campeã, pelo que o nosso foco está agora em lutar até à exaustão para revalidar o título de vice-campeões e dar uma grande alegria a todos os portugueses”.

Amanhã, domingo, é o último dia dos ISA World Surfing Games 2017. Pedro Henrique volta a encontrar o mexicano Jhony Corzo na primeira bateria da manhã, medindo também forças com Jeremy Flores, da França, e com o espanhol Vicente Romero.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments