PS anuncia voto contra OE para 2013 e uma possível moção de censura

António José Seguro – DR

António José Seguro revelou, esta quinta-feira, que o PS vai votar contra o Orçamento de Estado para 2013. O anúncio foi feito na sede do partido, em Lisboa.

Seguro sublinhou o facto do Governo “teimosamente” insistir para o próximo ano numa política de desemprego, recessão e falências. Mas o líder do Partido Socialista foi mais longe e afirmou que “há uma linha que separa a austeridade da imoralidade e essa linha foi ultrapassada”, criticando duramente a prestação do Governo.

Seguro classificou a política que está a ser implementada pelo Governo como sendo “uma política que retira salários dos trabalhadores para os entregar às entidades patronais”.

José Seguro disse também que os aumentos das contribuições dos contribuintes para a Segurança Social “quebra um contrato social que está para além de qualquer Orçamento de Estado”. Por conseguinte, o secretário-geral do PS revelou que se o Governo não retirar esta proposta o seu partido avança para o Tribunal Constitucional. Mais, mas “se tal for necessário”, o PS apresentará uma moção de censura.

Foi também anunciado por António José Seguro que serão apresentadas pelo seu partido alternativas às alterações que foram anunciadas pelo Executivo relativamente às contribuições para a Segurança Social.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments