Presidente da Câmara de Matosinhos renuncia ao mandato

O presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Guilherme Pinto, entregou esta segunda-feira, à presidente da Assembleia Municipal a carta de renúncia ao atual mandato autárquico, que produzirá efeitos a partir do dia 1 de fevereiro. A renúncia é justificada por Guilherme Pinto com motivos pessoais. “Matosinhos e o projeto que, com grande honra, liderei durante onze anos merecem um Presidente a tempo inteiro e não alguém que hoje está diminuído nas suas capacidades físicas”, escreveu o presidente.

Na carta, o ainda presidente da Câmara Municipal de Matosinhos diz ainda esperar que os matosinhenses “possam apreciar o trabalho” que, “para eles”, as equipas lideradas por Guilherme Pinto tiveram ocasião de concretizar.

Para além da presidência da autarquia, Guilherme Pinto apresentou também hoje a demissão dos diversos cargos que até aqui desempenhava, designadamente a presidência do Fórum Europeu de Segurança Urbana, da presidência do Conselho de Administração da Rede Europeia das Cidades e Escolas de Segunda Oportunidade e da presidência da Casa da Arquitectura.

No dia 1 de fevereiro, acrescente-se, a presidência da Câmara Municipal de Matosinhos será assumida pelo atual vice-presidente, Eduardo Pinheiro. A renúncia de Guilherme Pinto implicará ainda a subida à vereação do sétimo da lista eleita pelo Grupo de Cidadãos Eleitores Guilherme Pinto por Matosinhos nas eleições autárquicas de 2013, Tiago Maia, que assumirá o pelouro do Desporto, até aqui sob a alçada do presidente.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments