Pré-Fantas com Manchevski e cinema sul-americano

Todos os caminhos vão ter, a partir de hoje, ao Teatro Municipal do Rivoli. O Fantasporto, na sua 36.ª edição, inicia mais um capítulo fantástico da sua história e dá à “manivela” numa semana de aquecimento para quebrar o “Gelo” de Luís e Gonçalo Galvão Teles, em antestreia mundial, na sexta feira, que marca o arranque oficial do certame.

Para já, esta segunda feira, os fiéis seguidores do “Fantas” podem ver “Dust” no Grande Auditório, às 21h45, um filme de Milcho Manchevski – retrospetivas ao longo da semana – com Joseph Fiennes (Shakespeare in Love) e Vera Farmiga (The Judge) nos principais papéis. No Pequeno Auditório é exibido, pelas 21h30, “Children of the Night”, um filme argentino de Ivan Noel.

Na terça feira, pelas 21h45, Manchevski apresenta a sua obra prima: “Before the Rain”, Leão de Ouro do Festival de Veneza e nomeado para os Óscares, uma história que retrata a guerra da Bósnia. Já no Pequeno Auditório, pelas 21h30, o venezuelano Julián Balam traz à Invicta “El Infierno de Gaspar Mendoza”.

Na quarta feira, “Mothers” é a escolha do Grande Auditório (21h45). Manchevski mistura três histórias num só filme que foi selecionado para os Festivais de Berlim e Toronto. “Vampiro 40 Graus”, do brasileiro Marcelo Santiago, pode ser visto às 21h30 no Pequeno Auditório.

Na quinta feira, véspera de arranque competitivo do festival, “Shadows”, de Manchevski, é a aposta da noite (21h45) do Grande Auditório. Às 21h30, no Pequeno Auditório, é exibido “The Entity/La Entidad”, do peruano Eduardo Schuldt.

O 36º Fantasporto – Festival de Cinema do Porto, realiza-se de hoje até 6 de março, no Rivoli Teatro Municipal, no Porto, com 158 filmes de 40 países representando os quatro continentes habitados, apresentando 41 estreias mundiais e europeias e com a presença de mais de duas centenas de personalidades do cinema de todo o mundo.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments