Portugal em segundo na descida do emprego a nível europeu

O número de pessoas empregadas em Portugal desceu 4,1% no terceiro trimestre do corrente ano, isto comparando com o mesmo período do ano transato. É uma descida superior à média da zona euro, que contabilizou 0,7%, de acordo com a informação publicada esta sexta-feira pelo Eurostat.

Portugal continua num ciclo de queda, no que diz respeito ao emprego. Entre os países-membros que têm dados disponíveis, a maior descida pertence à Grécia, com 8,9%, seguida de Portugal e Espanha, ambos com 4,1%.

Na nota publicada pelo Eurostat, pode ver-se que o emprego cresceu na Letónia (3,4 por cento), Reuni Unido (1,8 por cento) e a Estónia (1,2 por cento).

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments