A Competição, um dos pontos mais importantes da programação do Porto/Post/Doc, apresenta este ano treze filmes que contam “histórias reais”, a partir de diversas temáticas (há cinema sem imagens em movimento, cinema realizado à distância e pela mão de desconhecidos, cinema de histórias criadas pelos protagonistas, cinema sobre o tempo antes da ação) e geografias (desde o Japão. Argentina, passando pela Coreia do Norte ou Marrocos), e que representam o melhor do cinema contemporâneo, em que o documentário e a ficção se assumem como formas híbridas.

Destaque para os dois filmes portugueses que integram o programa de competição: “Eldorado XXI” (2016) de Salomé Lamas, um filme rodado na remota aldeia peruana de La Rinconada y Cerro Lunar e “Tarrafal” (2016) de Pedro Neves que propõe uma viagem intensa pelo passado e pelo futuro do Bairro S. João de Deus, num documento vivo da história recente da cidade do Porto.

El Dorado XXI. Porto/Post/Doc
El Dorado XXI. Porto/Post/Doc

 

Tarrafal. Porto/Post/Doc
Tarrafal. Porto/Post/Doc

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments