Philippe Chiappe vence Grande Prémio de Portugal em motonáutica

Phillipe Chiappe wins the F1H2O Grand Prix of Portugal

O Grande Prémio de Portugal F1 de motonáutica terminou este domingo com a vitória do piloto francês Philippe Chiappe, atual campeão do mundo, da China Team, no rio Douro, no Porto.

Com este resultado, o piloto francês está a apenas um ponto de Shaun Torrente, da Victory Team. O segundo lugar foi conquistado pelo sueco Erik Stark (Emirates Team), relegando o piloto italiano Alex Carella (Team Abu Dhabi) para a terceira posição.

O único piloto português, Duarte Benavente (Atlantic Team), foi forçado a desistir porque o motor do seu barco partiu-se. “Abriu mesmo um buraco”, explicou. Ainda assim, Benavente disse estar “muito feliz por esta prova, pois em 16 anos de corridas destas pelo mundo fora, foi emocionante vir ao Porto assistir a um desfile de gente pelas margens do Douro como nunca se tinha registado na motonáutica mundial”.

A prova em águas portuenses foi a que teve maior assistência na história do Campeonato, tendo recebido mais de 200 mil espetadores, referiu a organização, o que significa um novo recorde. A pista estava montada entre o cais da antiga Alfândega e a ponte Luiz I. As margens de Porto e Vila Nova de Gaia encheram mais uma vez para verem a Formula 1 da motonáutica, com os barcos a chegarem aos 220 kms/hora.

Vencer no Porto foi um desfecho extraordinário para um fim de semana absolutamente memorável. Nunca vi um ambiente igual a este que encontrámos no Porto em tantos anos de corridas”, desabafou Philippe Chiappe, no final de uma corrida, ele que venceu este Grande Prémio de Portugal e que se estreou nas águas do rio Douro.

0013_F1H2O_3Dia

Phillipe Chiappe wins the F1H2O Grand Prix of Portugal

Phillipe Chiappe wins the F1H2O Grand Prix of Portugal

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments