A confeitaria Tavi, decana do Porto e famosíssima pelo Bolo-rei, reinventou-se há uns anos e tem sido um pólo de dinamização da Rua Senhora da Luz, na Foz do Douro. Esta rua, como tantas outras das grandes cidades, teve a sua crise do comércio tradicional, mas resistiu e soube voltar à vida sem perder a sua matriz. Hoje mantém um público fiel, de uma vida e agora também atrai a sua descendência. Sobre o que esta rua pode oferecer escreverei noutra crónica, tal como já fiz sobre a rua do Bonjardim neste post.

Senti um certo constrangimento ao ver a padaria Padouro fechar há umas semanas, durante o verão. Agora, essa angústia transformou-se em alegria ao ver nascer uma Tavi Padaria, mesmo do outro lado da rua onde está a original.

Por um lado somos tentados a pensar que é só um alargamento da Tavi, mas rapidamente nos apercebemos que o conceito é diferente, o ambiente é diferente e a dinâmica também.

o-ambiente-da-tavi-padariaO espaço é amplo e surge com uma decoração industrial leve, muito clara e limpa. Acredito que a ideia tenha sido aproveitar ao máximo a grande área disponível e manter a “tabacaria”, que tantos jornais e revistas forneceu aos clientes de Sábado da Tavi original. Agora também a temos ao Domingo.

O serviço é mais ágil e centrado nas ofertas de pão e pastelaria, nos pequenos almoços simples e numa viagem à mercearia fina, com venda de alguns vinhos e charcutaria, mesmo que com menos opções que a casa mãe. Sente-te também uma agilização de pratos do dia, que começarão agora, depois das férias a provar se a aposta resulta ou não.

A oferta da mercearia
A oferta da mercearia

O espaço está também preparado para crianças e famílias, visitantes muito comuns da Foz ao fim de semana.

A Tavi Padaria é um conceito já em uso, uma abordagem moderna do conceito de padaria/ confeitaria, que acrescenta serviços de cafetaria a partir das ofertas que há para vender para fora, envolvidos num ambiente muito confortável. Em suma, aquilo que o Porto precisa.

Texto e fotos de Paulo Russell-Pinto

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments