DR

São 7,8 hectares de terreno no Porto, próximo do campus universitário da Asprela. Será ali que a árabe MEFIC e a britânica Round Hill vão investir como nunca visto na Invicta. O projeto de reabilitação urbana inclui também uma construção residencial para 1200 estudantes. Tudo ficará concluído dentro quatro anos e meio.

Apartamentos, residências para estudantes, escritórios, áreas de comércio e um hotel. Trata-se do maior investimento imobiliário de sempre na cidade, de relevância acrescida por se situar fora do centro. Os trabalhos arrancam no terreno – no quarteirão entre as ruas Novas do Tronco, da Telheira e do Amial – no terceiro trimestre deste ano, tendo uma duração prevista de quatro anos e meio.

O complexo incluirá 1.200 acomodações para estudantes e 200 apartamentos residenciais, bem como um hotel, espaços para escritórios, um mercado, um supermercado, áreas de estacionamento e jardim.

Ainda segundo os promotores, o empreendimento será incluído no Porto Innovation District, uma iniciativa entre a Câmara do Porto e universidades, escolas de negócios, hospitais, institutos e centros de pesquisa para a promoção da inovação e do empreendedorismo na cidade.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments