Nuno Cardoso concorre como independente à Câmara do Porto

Nuno Cardoso, ex-presidente da Câmara do Porto vai concorrer à autarquia portuense, como independente. Esta decisão é para “responder a um apelo muito forte” às pessoas com quem se cruzou na rua, confirmou o próprio à Lusa.

O ex-presidente da Câmara do Porto explica o seu projeto, afirmando que é “um projeto que quer ir às raízes do Porto, às suas géneses, à sua matriz e quer efetivamente ser um projeto dos portuenses. Quer a legitimidade dos portuenses para fazer com eles um projeto de futuro”.

Nuno Cardoso revelou ainda que está no processo de recolha das seis mil assinaturas exigidas para formalizar a sua candidatura.

Recordar que Nuno Cardoso esteve à frente da Câmara do Porto entre 1999 e 2002, momento em que Fernando Gomes decidiu abandonar esse mesmo cargo para ser ministro da Administração Interna, no último Governo de António Guterres como Primeiro-Ministro.

Nuno Cardoso, que já foi líder da concelhia, entregou o seu cartão de militante do PS e recusou ser candidato do partido à Câmara da Maia por ter um projeto para o Porto.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments