…tenho de ter para a base do bolo…!
5 ovos (250g)
200g de açucar
100g de farinha de trigo
30g de amêndoas com pele
80ml de óleo
15g de fermento
…como se faz a base de bolo…!
Untar e polvilhar uma forma com formato de ninho e reservar;
Numa taça colocar os ovos e o açucar a farinha com as amendoas moídas (fazer antes)o óleo e o fermento;
Bater com varas de arame até deixar de sentir o açucar;
Verter na forma e levar ao forno pré aquecido a 170 graus e deixar confeccionar por 20 minutos ou mais um pouco, depende da forma que se usa.
…tenho de ter para o creme…!
6 gemas, ligeiramente misturadas, não batidas
20g de açucar
125g de agua
1 pau de canela
1 colher de sopa de licor de amêndoa marga (Amarguinha)
…como se faz…!
Levar o açucar ao lume com o pau de canela e o licor assim que levantar fervura deixar fervilhar 3 minutos;
Retirar do lume e verter em fio sobre as gemas, mexendo sempre com ajuda de uma colher de madeira ou outro;
Coar a mistura e levar novamente ao lume no mesmo tacho da calda, em potencia minima (deve ter paciência � conventual);
Assim que começar engrossar, e quiser fazer uma bolha de fervura, retirar do lume e continuar a mexer, deixar arrefecer para aplicar.
…tenho de ter para humedecer o bolo…!
100g de açucar
100g de agua
2 colheres de sopa de licor de amêndoa amarga (Amarguinha)
…como se faz…!
Levar ao lume os 3 ingredientes e assim que levantar fervura desligar, deixar repousar para infundir sabores e aplicar.
…tenho de ter para fazer o ninho…!
150g de folhas de massa filó
açucar em pó q.b.
amêndoas a gosto, chocolate, licor ou pinhões
…como se faz…!
Enrolar as folhas e com ajuda de uma faca afiada cortar bem fininho, reservar estas “fitas” para decoração, não deixar ao ar pois vaõ secar e ficar feias pois não de deixam moldar.
Montar o Ninho
Colocar o bolo que se desenforma directamente para um prato onde se vai servir e inicia-se o processo para o humedecer, com ajuda de uma colher de sopa ou mesmo com uma taça de bico, vai-se vertendo por cima e como está quente absorve de imediato a calda morna;
Deve deixar-se arrefecer por completo para que aplicação do creme seja e foque melhor;
Com ajuda de um pincel largo espalha-se creme de ovo de uma forma generosa, para depois colar as “fitas” de massa filó;
Retiram-se as “fitas” da caixa onde se conservaram para não secarem e abrem-se ou soltam-se e vai-se criando o ninho;
Preenchido o ninho, leva-se o bolo ao forno com ventilação ou não, de forma a que seque e ganhe alguma cor “palha”;
Retira-se e deixa-se arrefecer novamente;
No centro verte-se o restante creme de ovo ou se preferir enche-se uma taça e coloca-se no centro para que depois ao servir uma fatia de bolo se sirva também uma colherada de creme;
Decora-se com amêndoas doces e coloridas, polvilha-se de açucar em pó e serve-se bem fresco.
Notas: este bolo é muito bom e crocante, no entanto se o fizer com antecedencia e o conservar no frigorífico a massa “palha” ficará mole e desagradável.

bom apetite

consulte mais receitas em: http://www.facebook.com/chefluisfrancisco2016

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments