Morreu Paulo Cunha e Silva, vereador da Cultura da Câmara do Porto – atulizada

Sofreu um enfarte do miocárdio. Tinha 53 anos

O corpo de Paulo Cunha e Silva estará em câmara ardente, a partir das 17 horas, no palco do Auditório Manoel de Oliveira do Teatro Municipal Rivoli.

O cortejo fúnebre irá acontecer amanhã, pelas 14 horas, para a Igreja da Lapa, onde irá ser celebrada missa de corpo presente.

Paulo Cunha e Silva, vereador da Cultura da Câmara do Porto, morreu esta terça-feira à noite, vítima de um enfarte do miocárdio. A Autarquia decretou três dias de luto. Tinha 53 anos.

A autarquia já confirmou esta mesmo notícia em comunicado e também no seu site. Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, anunciou 3 dias de luto municipal.

Paulo Cunha e Silva era licenciado em Medicina, Mestre e Doutor pela Universidade do Porto. Era atualmente professor Associado de Pensamento Contemporâneo na Faculdade de Desporto da Universidade do Porto.

Era vereador na Câmara do Porto desde 2013, fazendo parte do executivo liderado por Rui Moreira. Foi ainda um dos responsáveis pela programação do Porto 2001, Capital da Cultura e foi também presidente do Instituto das Artes do Ministério da Cultura.

-atualização às 15h55 –

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments