MEO Marés Vivas abraça causas sociais

01 marés vivas 2015

Dia 18 de julho, o terceiro dia do festival MEO Marés Vivas irá ser o dia Nelson Mandela e terá um enfoque na Associação Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica (APELA). Esta perceria associa também a Fundação Nelson Mandela.

Esta informação foi anunciada ontem, segunda-feira, no recinto que irá acolher o festival MEO Marés Vivas. O festival irá assim associar-se à APELA, com o mote “Todos contra ELA”, promovendo assim novamente uma causa social.

02 marés vivas 2015

O objetivo é a angariação de fundos que serão totalmente a favor da APELA e divulgar o mais possível as instituições envolvidas.

Eduardo Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Gaia, parceiro do festival, esteve presente e sublinhou a importância deste tipo de iniciativas, afirmando mesmo ser “um orgulho de cunho pessoal”.

Estiveram também presentes alguns artistas que vão passar pelos palcos do festival, como André Tentugal, dos We Trust, em representação do projeto OUPA, Miguel Guedes, dos Blind Zero, Jimmy P, Kika e Miguel Araújo.

03 marés vivas 2015

O recinto teve algumas alterações para aumentar a lotação do mesmo, irá ter o palco comédia Coreto Caixa e haverá também bancadas para lugares sentados. O festival MEO Marés Vivas arranca às 18h00 com Diana Martinez & The Crib, no Palco Santa Casa. As portas abrem pelas 17h00.

04 marés vivas 2015

06 marés vivas 2015

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments