Jorge Sampaio mostra-se “dececionado” pela “falta de liderança” na Europa

O ex-Presidente da República esteve hoje nas Conferências do Estoril para debater a “Globalização e Desafios para a Democracia”

O ex-Presidente da República, Jorge Sampaio, mostrou-se hoje “dececionado pela falta de liderança” que existe na Europa e pela “falta de soluções oportunas para os desafios que os cidadãos enfrentam” hoje em dia.

Deixou também uma nota de esperança: “Tenho muita esperança na União Europeia e de como a União Europeia vai enfrentar tudo o que é fundamental nesta altura”, referiu o ex-Chefe de Estado, considerando que “precisamos de uma agenda europeia para enfrentar a situação atual que é um grande desafio”.

Um dos problemas que a Democracia enfrenta é a abstenção, notou Jorge Sampaio. “O que fazer para modernizar o sistema e os partidos? Como enfrentar as preocupações das populações e apresentar algo que vá ao encontro das aspirações das pessoas? Isso exige liderança e soluções que enfrentem os problemas de forma transnacional e local para evitar o declínio das nossas Democracias”.

Uma das soluções apontadas pelo ex-Presidente da República para modernizar as atuais instituições foi a “participação ativa dos cidadãos” e uma maior abertura dos partidos à sociedade civil. “O mundo político não pode estar fechado e olhar só para o seu umbigo sem dar conta do que está lá fora. Se o fizer perderá mais a confiança das populações”.

Já sobre a crise na Europa, Sampaio deixou uma nota: “Gostaria que não discutíssemos o abandono do euro, mas como estar no euro com uma nova abordagem”.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments