John and the Charmers sonham e fazem sonhar no Centro Cultural Vila Flor

John and the Charmers

Hoje, às 22h00, o Pequeno Auditório do Centro Cultural Vila Flor é palco para todas as fantasias. O vimaranense João Guimarães materializa o sonho de apresentar o seu projeto na cidade que o viu nascer. John and the Charmers é música e amizade, ternura e afetos, é sonho que vive.

Para este primeiro concerto, foi preparada uma viagem inesquecível para todos. O palco e todo o espaço integrado no evento envolvem-se de charme, sonoridades e texturas. Todos participam nesta viagem. É um marco importantíssimo na caminhada deste projeto, pois chega assim a hora de partilhar com todos o resultado de todo o trabalho desenvolvido por esta equipa, que junta criou e deu vida a este sonho, que se ambiciona que seja de todos. No Centro Cultural Vila Flor acaba a utopia: por isso, é o melhor berço desta realidade sonhada.

Partilhar as sensações da música exige empenho, esforço e uma crença inabalável no sonho. É no Centro Cultural Vila Flor que culmina a aventura, esse momento único em que um projeto abandona o secretismo da sala de ensaios para ser partilhado com o mundo, para ganhar vida própria.

John and the Charmers é um projeto criado pelo músico João Guimarães que reuniu à sua volta outros nomes fortes da cena musical vimaranense. A primeira música do álbum de estreia, “Velvet Blue”, foi composta a 1 de outubro (Dia Mundial da Música) de 2012 – ano em que a sua cidade natal (Guimarães) foi Capital Europeia da Cultura. As gravações do disco foram feitas entre setembro e dezembro de 2013 e misturadas em janeiro de 2014 nos estúdios SPL. O produtor foi Pedro Mouga. O trabalho foi masterizado por Mário Barreiros nos estúdios MB em março de 2014. No total, participaram 18 músicos nas gravações dos temas em estúdio.

Este disco apresenta um conjunto de 10 músicas com diversos ambientes, resultado de diferentes composições, diferentes arranjos e diferentes instrumentos e interpretações. Os instrumentos são bateria, baixo elétrico, baixo acústico, contrabaixo, guitarra acústica, guitarra elétrica, piano, sintetizadores, ukulele, vibrafone, harmónica, trombone, saxofone, trompete, violoncelo, viola, violino e vozes. O single de lançamento é o tema “She loves me, she loves me not”, para o qual foi criado um videoclipe. A equipa deste projeto envolve trinta pessoas e abraça áreas como fotografia, vídeo, ilustração, web design, guarda-roupa, cenografia, performance, desenho de som, desenho de luz, transformando-se num laboratório de criação multidisciplinar. John and the Charmers envolve-se de paixão e texturas que nos fazem viajar num ambiente aconchegante e sonhador.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments