DR

João Pedro Vaz, atual diretor do Teatro Oficina, passará a assumir a Direção Artística da régie-cooperativa municipal vimaranense “A Oficina”. Esta alteração surge na sequência do pedido de saída de José Bastos, que ocupa atualmente o cargo, para abraçar novos desafios profissionais. A solução encontrada para a Direção Artística da cooperativa corresponde à visão de política cultural prosseguida ao longo dos últimos anos e aos desafios que a Câmara Municipal, a Oficina e Guimarães têm pela frente.

A Presidente da Oficina acedeu também ao pedido semelhante de Frederico Queiroz, atual Diretor de Planeamento e Controlo de Gestão da cooperativa. A sua substituição está neste momento em equação, havendo lugar a novidades sobre o tema para momento oportuno, procurando encontrar uma solução que corresponda ao crescente grau de exigência daquela estrutura.

Adelina Paula Pinto, Presidente da Oficina, esclareceu que estas substituições se prendem única e exclusivamente com os motivos pessoais apresentados por ambos os diretores, que pretendem abraçar novos desafios, considerando que existe uma relação profissional e pessoal de grande estima e consideração mútuas.