God Is An Astronaut – A ‘nave musical’ volta a aterrar no Hard Club no domingo

god is an astronaut

Em 2013 os God Is An Astronaut (GIAA) deixaram um tal rasto de energia no recinto do Hard Club, que quem presenciou dificilmente vai esquecer. No ano anterior, em Paredes de Coura, o impacto dos GIAA tinha sido de igual forma devastador, mesmo tendo os irlandeses tocado no palco secundário. Dessas prestações, parece que ainda pairam “Echoes” por aí. O retorno à sala portuense amanhã, 3 de maio, justifica por isso todas as expectativas que nele(s) se depositam.

São já seis os álbuns editados pelos God Is An Astronaut, em quase duas décadas e meia de carreira, e afigura-se que não vão tirar tão cedo ‘o pé do acelerador’ (podia ser de partículas… musicais, neste caso) e dos pedais. É precisamente esta palavra no singular que mais se ouve nos concertos dos GIAA. A banda dos manos Kinsella (Torsten na voz, guitarra e teclados e Niels no baixo, guitarra e efeitos visuais) promete pelo menos uma hora e meia de post-rock bem esgalhado e impróprio para ouvidos de tísico. Jamie Dean, no piano e sintetizadores, bem como Gazz Carr na guitarra, e Lloyd Hanney na bateria continuam de pedra e cal a acompanhar a parelha de irmãos nestas lides musicais.

E o mais provável é que o alinhamento se venha a fazer, tendo por base uma retrospectiva do histórico discográfico da banda, numa incursão musical cuja ênfase será dada aos últimos álbuns: Origins de 2013, “Age of the Filfth Sun” de 2010 e o homónimo God Is An Astronaut, de 2008. Isto sem menosprezo do genético The End of the Begining, de 2002, do muito badalado All Is Violent, All Is Bright, de 2005, e do intermédio Far from Refuge, de 2007.

A viagem astral dos God Is An Astronaut traz no cartão de embarque os Quelle Dead Gazelle como banda iniciática do concerto no Hard Club e nas mesmas funções estarão os Katabatic no Armazém F, na segunda-feira em Lisboa. No caso do concerto portuense, a abertura de portas verifica-se às 20 horas e a música começa a ouvir-se por volta das 21h00. A noite promete… boas recordações.

Foto de Diogo Baptista

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments