GD do Viso considerado clube europeu de 2014 pela Federação Europeia de Hóquei

hóquei em campo viso

O Grupo Desportivo do Viso foi considerado o clube europeu do ano 2014 pela Federação Europeia de Hóquei (EHF). Este título foi atribuido na categoria de clube com menos de 100 atletas.

É a primeira vez que um clube português recebe uma distinção desta natureza pela máxima entidade europeia de hóquei em campo.

O GLOBAL NEWS falou em exclusivo com António Alvarenga, Presidente do Grupo Desportivo do Viso. Para o responsável número um do clube a notícia foi recebida com grande contentamento, por todos, desde a Direção, sócios, atletas e adeptos. Este é um prémio para o clube e para todos os que colaboram com o clube. A Direcção e todos os sócios, adeptos e atletas estão naturalmente satisfeitos e contentes com esta eleição porque é muito bom para o clube ainda para mais por se tratar histórico. Nunca tinha havido um clube português distinguido a este nível pela Federação Europeia de Hóquei”, afirma.

O líder máximo do clube do Viso reconhece que este prémio aumenta as responsabilidades. “Um prémio destes acarreta mais responsabilidades e obriga-nos a trabalhar cada vez mais. É também essa nossa vontade e é por isso que lutamos diariamente, caso contrário não teríamos entrado no projecto. Somos tão ambiciosos como trabalhadores e sabemos que agora temos ainda mais responsabilidades”, conclui.

António Alvarenga, para além de presidente é também o responsável máximo pelo hóquei em campo do clube. E foi também nessa qualidade que nos revelou o que mais contribuiu para este título, nomeadamente o trabalho dos últimos quatro anos. “Foi todo o trabalho que temos tido nos últimos quatros anos. É um trabalho difícil e complicado com muitos obstáculos mas agora recebemos a recompensa. O clube encaminhava-se para terrenos complicados e foi o renascer do hóquei em campo no GD Viso praticamente do zero. Sem apoios e com condições longe do desejável, estes anos têm sido também de várias frustrações. No entanto nunca desistimos e sempre nos unimos para dar a volta às dificuldades. Umas vezes de melhor forma, outras nem tanto, temos tentado e este prémio é também sinónimo do que temos conseguido”, rematou.

Por último, António Alvarenga falou sobre o futuro próximo do hóquei em campo do clube. No seu entender, trabalhar principalmente na formação é a chave. “Trabalharmos ainda mais, principalmente na formação, para sermos um clube cada vez maior e com melhores condições. Isto dá ainda mais força para trabalhar e abre perspectivas diferentes que antes não existiam. Queremos consolidar o clube, torná-lo tão forte como já foi há uns anos atrás e isso só é possível com a envolvência da comunidade e com formação cada vez mais consistente. Queremos sempre mais e melhor”, finalizou o responsável máximo do Grupo Desportivo do Viso.

O Grupo Desportivo do Viso, clube da cidade do Porto, foi fundado a 1 de maio de 1975, cumprindo este ano 40 anos de vida, onde inclui um vasto palmarés. Quatro vezes Campeão Nacional da 1ª Divisão, o último dos quais na época 1999/2000, um Campeonato Nacional da 2ª Divisão e quatro Campeonatos Regionais da 1ª Divisão.

Ainda em termos nacionais, conquistou a Taça de Portugal por três vezes, a Supertaça por quatro vezes e o Troféu Olímpico por duas.

A nivel internacional, a equipa do Viso, entre outros resultados, conquistou o I Torneio Internacional da Cidade da Corunha (1989), tendo na edição seguinte obtido o segundo lugar, o mesmo conquistado na Taça dos Vencedores das Taças, em 2000, na Áustria.

Na Taça dos Clubes Campeões Europeus, teve três presenças, tendo conquistado o 7º, 6º e 5º lugares, em 1992, 1993 e 1999 respetivamente.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments