“Gata em Telhado de Zinco Quente” no Teatro São João

GATA EM TELHADO DE ZINCO QUENTE_Fotografias Jorge Goncalves

O espetáculo “Gata em Telhado de Zinco” está em cena a partir desta quinta-feira no Teatro Nacional São João (TNSJ). A peça, com encenação de Jorge Silva Melo, devolve ao palco o texto original que Tennessee Williams escreveu, em 1954, cuja adaptação ficou célebre com o filme de Richard Brooks em 1958, com Elizabeth Taylor e Paul Newman nos principais papéis.

Na versão que sobe ao palco do TNSJ, até 22 de fevereiro, Catarina Wallenstein é Maggie, e Ruben Gomes representa Brick, um casal jovem, sem filhos, destruído pelo álcool e pela rejeição.

Nesta versão da “Gata em Telhado de Zinco Quente”, Jorge Silva Melo retoma a versão escrita por Tennessee Williams e não as que o filme de Richard Brooks ou a encenação de Elia Kazan consagraram, contornando vários dos problemas que a peça original colocava.

A homossexualidade, a disputa de irmãos e cunhadas por uma herança, um universo familiar corrompido por mentiras e histórias mal contadas, pela ambição, pela indiferença ou insatisfação sexual são os temas que definem a intriga da peça que venceu um Pulitzer em 1955.

Coprodução Artistas Unidos, Teatro Viriato, Fundação Centro Cultural de Belém e TNSJ, com o apoio Centro Cultural do Cartaxo e no âmbito da rede 5 Sentidos, o espetáculo parte do texto que, para Tennessee Williams, é “o que mais se aproxima do que poderia ser, ao mesmo tempo, uma obra de arte e um trabalho bem feito”. Depois de ter percorrido o país em digressão, o TNSJ é a última oportunidade para ver a encenação de Jorge Silva Melo.

Com legendas em inglês, “Gata em Telhado de Zinco Quente” está em cena na quarta-feira, às 19h00, de quinta a sábado, às 21h00, e aos domingos, às 16h00.

Os bilhetes podem ser adquiridos a partir de 7,5 euros.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments