Freguesia de Sortelha, Aldeia Histórica de Portugal

logo sortelha

Fernanda Esteves, Presidente da Junta de Freguesia de Sortelha, esteve à conversa com o Global News. Falou-nos sobre a freguesia, o que os visitantes podem encontrar naquela que é classificada como Aldeia Histórica de Portugal. Castelo, muralhas, pelourinho, sepulturas romanas, são estas algunas das atrações turisticas para ver. A Feira Medieval que irá acontecer em setembro foi também tema de conversa, assim como os projetos que ainda irão ver a luz do dia.

Um turista estrangeiro ou até mesmo um português que pretenda conhecer um local diferente, o que tem Sortelha para lhes oferecer?

Sortelha, classificada como Aldeia Histórica de Portugal, é caraterizada por um vasto património histórico, cultural e paisagístico.

Podemos dizer que Sortelha é uma aldeia museu cheia de história, prova disto são os monumentos como o castelo, as muralhas, o pelourinho, as sepulturas romanas, as calçadas medievais, as fontes romanas, a igreja Stª Rita, os barrocos (pedras) com diferentes formas que se assemelham a figuras ou situações.

Temos também o artesanato local: o bracejo (arte de trabalhar a planta do bracejo transformando esta planta em peças de adorno), a madeira (artesãos que trabalham a madeira manualmente transformando-a em peças de mobiliário e de decoração).

A freguesia tem hoje também artesãs que fazem o pão cozido em forno tradicional a lenha, as filhoses, os licores, doces e compotas, os arraiolos e as rendas e que expõem e vendem a quem nos visita.

A gastronomia é outra atratividade: pratos de caça, pratos de bacalhau, o cabrito ou borrego, o arroz doce, as papas de carolo, etc..

Sortelha tem 5 associações que contribuem para o desenvolvimento, promoção e divulgação da freguesia: Associação Etnográfica de Sortelha (tendo como principal atividade o Rancho Folclórico), a Liga dos Amigos de Sortelha (tendo como principal atividade a gestão do Centro de Dia Manuel Gouveia), o Núcleo Cultural e Desportivo De Sortelha, a Associação de Caçadores de Sortelha e o Centro Convívio, Cultural e Desportivo da Quarta Feira (tendo como principal atividade o teatro).

Existem também os circuitos pedestres e de BTT sinalizados, onde se podem percorrer a freguesia desfrutando-se da paisagem, da fauna e flora existente.

Temos já alguns eventos que se mantêm já alguns anos, como sejam o festival de folclore, a Mostra de Doces e Compotas Locais, a Feira Medieval, as caminhadas….

De 1 a 9 de agosto vai acontecer o Sortelha IN Cultura. De que se trata este evento?

Tendo em consideração que as associações atrás referidas desenvolviam sempre no mês de Agosto algumas atividades/animação para os sócios e não sócios, teve-se a ideia de se organizar em conjunto um programa que envolve-se as associações todas e as atividades em conjunto.

Este evento partiu dos dirigentes das associações que contou com a colaboração da Junta de Freguesia e apoio da Câmara Municipal.

E de 18 a 20 de setembro vai haver a Feira Medieval. Em que consiste esta feira?

A Feira Medieval, tem como cognome “Muralhas com História” realiza-se este ano a V edição, e é a Câmara Municipal do Sabugal a responsável pela organização do evento.

Consiste na recriação histórica da época medieval, tem sempre um tema aliado a um dos séculos medievais…

Enumere-nos as medidas de maior relevo que teve de tomar até agora na freguesia?

Dizer qual ou quais as obras mais significativas que se realizaram é sempre subjetivo; tendo em conta que a Freguesia de Sortelha é composta pela sede de freguesia, 5 anexas e várias quintas dispersas, todas as obras têm a sua importância tendo sempre em conta as necessidades da população; por vezes uma obra importante e fundamental para uma localidade passa praticamente despercebida aos restantes habitantes da freguesia.

Vou, porém enumerar algumas obras que foram feitas: Calcetamento do Caminho de acesso ao Cabeço dos Barreiros, Calcetamento do Largo da Capela nas Caldeirinhas, colocação de grades de proteção em vários locais considerados perigosos para a passagem de peões remodelação e captação de água nas Caldeirinhas, calcetamento da Rua da Cascalheira na Quarta Feira, arranjo do telhado e interior da casa da Junta da anexa da Quarta Feira (local onde funciona a 2ª mesa de voto na freguesia), substituição do telhado da Capela do Dirão-da-Rua, compra de uma viatura de apoio à freguesia, instalação de Internet nas Caldeirinhas e Quarta Feira, criação e melhoramentos de jardins e espaços de lazer, para além das manutenções e reparações constantes e periódicas dos caminhos rurais em toda a freguesia (contabilizando várias dezenas de quilómetros).

Apoio aos artesãos locais, nomeadamente a cedência de um espaço para exposição e venda das peças produzidas por estes.

Para além destas obras foi e será sempre preocupação da Junta apoiar as várias iniciativas das Associações locais e os eventos que realizam individualmente ou em conjunto com outras entidades, que proporcionam movimento à economia local e uma maior visibilidade à Aldeia Histórica de Sortelha.

A instalação do ATM (multibanco)

Até ao fim do mandato, o que pensa ainda fazer pelos seus fregueses?

A pavimentação em alcatrão dos caminhos rurais entre Sortelha-Quarta Feira-Caldeirinhas, dos caminhos da Ribeira, projetos que gostaríamos de poder concretizar, mas impensável de se materializar só com os nossos meios financeiros, continuamos atentos a possíveis candidaturas e ao apoio da Câmara Municipal de Sabugal.

A ligação à rede pública de água da Quinta da Póvoa, a melhoria da ligação/canalização de água à Vinha Redonda (Azenha).

Saneamento básico na anexa da Quarta Feira.

Deixo também um apelo: muitos dos edifícios no interior das muralhas encontram-se praticamente abandonados, gostaríamos que os proprietários dessem “vida” a estas habitações, vendendo-as, arrendando-as mantendo-as no fundo habitáveis, com alguma atividade, tornando Sortelha um Museu Vivo.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments