A 14ª edição da Essência do Vinho – Porto, no Palácio da Bolsa, foi ontem inaugurada e decorrerá até ao próximo domingo, dia 26 de fevereiro.

Durante quatro dias, ESSÊNCIA DO VINHO – PORTO apresenta em prova livre mais de 3.000 vinhos de 350 produtores, nacionais e estrangeiros. Em paralelo desenvolve-se um intenso programa de 20 provas comentadas, conduzidas por especialistas, que inclui novidades e raridades resgatadas da cave.

A prova “Vinhos do Porto de Sonho”, reservada à comitiva internacional de jornalistas, agrega no dia 24 os vinhos Carvalhas Memories Very Old Tawny Porto 1867, Quinta do Vallado ABF Very Old Tawny Porto 1888, Kopke 375 Anniversary Special Edition Porto Colheita 1940, Taylor’s Single Harvest Porto 1967, Ramos Pinto 40 Anos Tawny Porto Homenagem João Nicolau de Almeida e Graham’s Very Old Tawny Port 90 (comemorativo do aniversário da Rainha Isabel II, lote 1912,1924 e 1935).

Sexta, dia 24, realce para a prova “Symington: sete décadas de vinhos Vintage de Quinta”, que contará os vinhos Graham’s Malvedos 1958, Graham’s Malvedos 1965, Dow’s Bomfim 1978, Warre’s Cavadinha 1984, Dow’s Bomfim 1986, Quinta do Vesúvio 1995, Dow’s Senhora da Ribeira 1998, Warre’s Cavadinha 2001, Graham’s Malvedos 2004, Dow’s Senhora da Ribeira 2013 e Cockburn’s Canais 2014. Ainda no mesmo dia, a Taylor’s celebra o 325º aniversário com a prova “Terra Feita: uma grande quinta da Taylor’s”, que reúne Portos Vintage de 1982, 1986, 1991, 1995, 1996, 1999, 2001, 2005 e 2008. Do Dão, a Sogrape mostra brancos e tintos Grão Vasco de 1977, 1978, 1981, 1983, 1991, 1992, 2005, 2015 e 2016.

Sábado, dia 25, abrem-se mais garrafas que teimam desafiar o tempo, como o Casa Ferreirinha Vinha Grande tinto 1975, e domingo, dia 26, a prova “Kopke: 6 décadas de Colheitas” apresenta exemplares de 1957, 1967, 1978, 1981, 1999 e 2007.

Vinhos alentejanos de talha, uma tradição ancestral que nos últimos anos tem sido recuperada com fulgor no Alentejo, vinhos do Dão da mais nobre das castas tintas portuguesas, a Touriga Nacional, colheitas antigas, desde a década de 70, da Casa Ferreirinha, espumantes do Rio Grande Sul e vinhos e queijos de Minas Gerais, do Brasil, são outros dos destaques.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments