O Porto e Norte mantém a tendência de procura na Semana Santa. A avaliar pelos dados apurados pela Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) junto das unidades hoteleiras do território regista-se não só um aumento na procura mas também na estada média. O destino mantém boas perspetivas hoteleiras para a quadra pascal verificando-se já nalguns espaços a ocupação atingir os 100%. “Temos conseguido consolidar e até aumentar a procura na Semana Santa e temos indicadores que nos mostram que o Porto e Norte é também cada vez mais destino de férias de Páscoa. Agora é fundamental continuar a trabalhar o nosso destino de forma concertada de modo a aumentarmos a estada média, antecipando e prolongando os dias festivos”, adianta o presidente da TPNP, Melchior Moreira.

A Agenda da Semana Santa lançada esta semana tem o objetivo de proporcionar ao visitante um “leque variado de opções que permitem, no caso de ser um regresso, escolher diferentes sub-destinos”. O documento compila mais de duas centenas de iniciativas, espalhadas pelo território, que vão animar as celebrações da quadra e conquistar os visitantes que vêm ao território pela primeira vez e aqueles que regressam.

A Agenda da Semana Santa junta procissões, concertos, recriações da Via Sacra, missas e cerimónias de lava-pés, cortejos e vigílias pascais, nada é descurado no planeamento das iniciativas de cada município. A gastronomia, a par com a oferta de festas, festivais e semanas gastronómicas acompanham as festividades pascais, oferecendo o melhor da comida típica, um dos incontornáveis chamarizes da Região. Com o objetivo claro de envolver os seus visitantes nas celebrações, este roteiro pelas festividades agora lançado disponibiliza ações a decorrerem nos quatro sub-destinos do território – Minho, Porto, Douro e Trás-os-Montes, onde estão incluídas as incontornáveis iniciativas da Semana Santa de Braga.

As taxas de ocupação em Braga, no Porto e Vila Nova de Gaia estão próximas dos 95% (no Porto e em Braga chega mesmo aos 95%) mas ainda há alojamento disponível. A média de todo o destino Porto e Norte de Portugal está nos 85%.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments