Crónica: Portugal à Frente – Camarate, a conclusão

camarate

Um Ministro inconveniente! Com a coordenação do democrata cristão Ribeiro e Castro a X secção parlamentar de inquérito chega ao fim, trinta e cinco anos depois. Conclusão: Homicídio.

O Eng.º Adelino Amaro da Costa, então ministro da defesa, investigava o comércio ilegal de material militar, sobretudo para o Irão, que estava sob rigoroso embargo internacional. Anos volvidos muito se falou, muito se escreveu até que o caso prescreveu. O então ministro da defesa era um obstáculo ao negócio de armas entre empresas portuguesas e o Irão, Guatemala e Argentina. Assim se perdeu um político brilhante que tanto tinha para dar ao país.

Portugal e os portugueses perderam Adelino, ficando irremediavelmente mais pobres. Fazem falta mais “Adelino(s)” a Portugal.

Adelaide João da Costa

Política

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments