Associação Portuguesa de Críticos de Teatro distinguiu As Criadas, de Jean Genet, com encenação de Simão Do Vale

A Associação Portuguesa de Críticos de Teatro (APCT) premiou o espetáculo As Criadas – coprodução do Teatro Nacional São João (TNSJ) e da companhia Subcutâneo – com uma menção especial. A distinção será entregue ao encenador Simão Do Vale na sessão promovida pela APCT que decorre no 7 de abril, às 19h00, no Teatro Nacional D. Maria II.

Após Gertrude, em abril de 2013, mãe de Hamlet – singular herói criado por Shakespeare –, o mesmo conjunto de criadores voltou a encontrar-se para se debruçar sobre As Criadas de Jean Genet, espetáculo que se estreou a 13 de maio de 2016, no Teatro Carlos Alberto, no Porto. Com encenação de Simão Do Vale, a trama volta a centrar-se em personagens femininas, desta vez num ambiente intimista, quase secreto de um quarto.

O espetáculo partiu da tradução inédita que Luísa Costa Gomes fez da primeira versão da peça, desconhecida dos palcos nacionais – aquela que Genet escreveu (condensando num único ato uma versão original perdida) antes das modificações que lhe seriam impostas e que dariam origem à versão corrente da peça. Após a temporada no Porto, a peça As Criadas passou ainda pelo Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra, e pelo Teatro Viriato, em Viseu.

“A opção ousada de traduzir uma versão menos conhecida deste texto de Genet proporcionou uma encenação bela e crua e com uma forte aposta no simbolismo cénico”, refere a APCT, acrescentando que o “espetáculo se destacou pela excelente direção de atores, a coerência das opções dramatúrgicas e a forte expressividade do desenho de luz”.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments