Comic Con: Um elã sexy com estatuto hard @ com imagens

A Comic On é sinónimo de animação um pouco por toda a parte. Gente e mais gente somada a gente que redunda numa parcela de sucesso. Há, contudo, um elã sexy que não passa despercebido ao visitante cujo olhar é um pouco mais sagaz. A indumentária dos heróis, das figuras e dos personagens com que muitos dos que a percorrem ousam ostentar em representação daqueles que idolatram, traduz isso mesmo e em grande diversidade pelo recinto. A maquilhagem, a roupa e a pose estimulam esse outro lado, talvez não oculto mas ainda assim subliminar. Uma fauna teimosa e perseverante na busca da afirmação. É o apelo das cores, alguns decotes e os olhares insinuantes de quem atiça essa lado mais sensual, que sem atingir o estatuto de hard namora de forma vinculativa essa atmosfera. E face ao histórico destas realizações, também há quem se dedique a adivinhar se essa tendência vai continuar a marcar o desfile pela autêntica passerelle onde desfilam figuras esbeltas e grotescas sinónimas de múltiplos super-heróis ou vilões que enchem os ecrãs. Parece certo que vão continuar a assaltar-nos com um olhar mais ou menos profundo, na Exponor, em Matosinhos, ou noutras paragens. E se isso é apenas uma incógnita para 2018, a verdade é que o fenómeno descrito vai ganhando lastro de edição para edição.