Chastre a defender e Zé Pedro a marcar dão fantástica vitória ao Leixões

Há dias em que a bola é bem tratada e a consequência é um jogo verdadeiramente empolgante. Este foi um dos dias. O Leixões recebeu e venceu o Portimonense por uma bola a zero, num jogo muito disputado por ambas as equipas. Foram três pontos preciosos para a equipa do mar que assim vê mais distante o fundo da tabela classificativa.

O Portimonense veio ao reduto do Leixões com uma equipa personalizada, bem estruturada e com vontade de vencer. Foi uma equipa que dominou algumas partes do jogo mas falhou no momento mais importante. Aos 64 minutos desperdiçou uma grande penalidade. Ricardo Pessoa não conseguiu concretizar, mas o mais certo é dizer que foi o guardião Chastre quem defendeu a grande penalidade. Esticou-se para o lado direito, defendeu, a bola sobra de novo para Ricardo Pessoa que na recarga permite nova defesa de Chastre, o herói do jogo. Foi enorme!

E quem não marcou acabou por sofrer. Na jogada seguinte, livre marcado para o Leixões por Novais, Alemão na área desvia a bola de cabeça e do lado direito aparece o central Zé Pedro que com um forte remate faz um golo merecido para a equipa da casa.

O Portimonense não baixa os braços e continua em busca do empate. Mas é o Leixões quem volta a criar muito perigo com um remate de Pedro Tavares, no ar e que leva a bola à trave! Grande momento de futebol! Ao cair do pano, Mendes ainda desperdiçou uma grande penalidade para a equipa da casa, muito porque Ricardo Ferreira faz uma grande defesa.

Em conferência de imprensa, o técnico Horácio Gonçalves afirmou que esta vitória foi dedicada à família de Artur Barbosa, massagista do clube, que faleceu esta semana.

O próximo jogo do Leixões será novamente em casa com o Olhanense que tem 27 pontos, menos um que o Leixões. Perspectiva-se uma partida muito equilibrada.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments