CGTP apela a “nova jornada de luta”

Foto de Diogo Baptista / Global News

A manifestação deste sábado resultou em “nova jornada de luta”, que se irá realizar esta quinta-feira, dia 30 de maio. Esta data diz respeito ao dia do Corpo de Deus, feriado que foi suspenso com as novas medidas deste Governo.

Foram milhares de trabalhadores e reformados que estiveram na zona de Belém, em Lisboa. Todos exigiram o mesmo, a demissão do Governo e também do Presidente da República, Cavaco Silva.

Arménio Carlos, secretário-geral da CGTP, indicou que a manifestação deste sábado foi “uma das maiores jornadas de luta em Lisboa”.

Disse ainda que “mais do que salvar a coligação do Governo, como pretende o Presidente da República, estamos aqui a manifestar-nos para salvar o país de uma política que inferniza as nossas vidas e hipoteca o futuro coletivo da nação”.

Foto de Diogo Baptista / Global News
Foto de Diogo Baptista / Global News
Foto de Diogo Baptista / Global News
Foto de Diogo Baptista / Global News
Foto de Diogo Baptista / Global News

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments