Armando Teixeira e Ester Alves da equipa Salomon Suunto Portugal regressam ao Monte Branco na próxima sexta feira dia 26 de agosto, para completarem mais uma vez os míticos 170 km e 10 000 metros de desnível positivo do Ultra-Trail du Mont Blanc®.

Todos os anos, na última semana de agosto, os melhores atletas de trail running juntam-se em Chamonix, nos Alpes Franceses, para participarem no Ultra-Trail du Mont Blanc®, a mítica prova de 170km com 10 000m D+, que percorre as montanhas mais altas da Europa e atravessa 3 países (França, Itália e Suiça).

Se todos os peregrinos querem ir a Meca, todos os corredores de montanha querem ir ao Mont Blanc pelo menos uma vez na vida. Armando Teixeira já soma cinco participações e segue para a sexta. Fez a travessia do Mont Blanc pela primeira vez em 2010 e desde aí não falha uma edição. As suas melhores classificações foram em 2012 (11º da geral e 8º no seu escalão) e no ano passado em que subiu ao 2º lugar do pódio no seu escalão, ficando em 18º da geral. Este ano, e mais uma vez, o Atleta da Salomon Suunto Portugal leva como principal objetivo terminar esta dura travessia. Para tal, Armando tem feitos treinos específicos, nomeadamente, treino em altitude no Centro de Medicina e Exercício do Porto (CMEP), ginásio, bicicleta bicicleta e umas fugidas até aos Picos da Europa, para acumular desnível.

Além de Armando Teixeira, estão também na elite mundial, os portugueses Luís Duarte, Jérôme Rodrigues, Cláudio Quelhas, Manuel Faria e Telmo Veloso.

Ester Alves foi ao Mont Blanc pela primeira vez em 2014 e, apesar de ter sido obrigada a parar uma hora, acabou em 8º lugar da geral, a melhor classificação portuguesa de sempre. Em 2015 seguia em 9º lugar quando se retirou ao quilómetro 138 por cansaço e desidratação. Este ano a atleta da Salomon Suunto Portugal sente-se com maior resistência muscular e psicológica, pois dar a volta ao Maçico do Monte Branco é muito exigente física e psicologicamente. “Levo comigo a paixão pela montanha, vou tentar fazer a prova com a leveza dos primeiros quilómetros, tendo em conta todas as adversidades e dificuldades de correr em grandes altitudes.” Sublinha.

Além de Ester Alves, também a portuguesa Lucinda Sousa está entre a elite da prova.

O Ultra-Trail du Mont Blanc® subiu o pano ontem com a partida da PTL®(La Petite Trotte à Léon), uma volta de 300km com 26 500m D+ ao redor do Mont Blanc, em equipas de 2 ou 3 elementos em autonomia total, com um tempo limite de 151 horas. Amanhã sai a TDS®- 119km com 7200m D+, no dia seguinte a OCC®- 53km com 3300m, por fim, a CCC®- 101km com 6100m D+ e o UTMB®, no dia 26 de agosto.

Entre os cerca de 8000 corredores que se vão aventurar nas diferentes provas, estão 191 portugueses.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments