créditos: Filipe Ferreira

TNSJ é um dos parceiros do projeto 10×10, da Fundação Calouste Gulbenkian, que aposta numa estratégia de aprendizagem diferenciadora

O Teatro Nacional São João (TNSJ) associa-se, pelo terceiro ano consecutivo, à Fundação Calouste Gulbenkian para a promoção de 10×10, um dos mais entusiasmantes projetos pedagógicos promovidos nos últimos anos em Portugal, que junta, nesta edição, artistas e professores do 10.º ano de escolaridade de estabelecimentos de ensino de Lisboa, Oeiras, Porto e Loulé. A apresentação pública do trabalho desenvolvido por artistas, alunos e professores é de entrada livre e decorre já no dia 25 de fevereiro, das 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 17h30, no Mosteiro de São Bento da Vitória, no Porto.

Criado pela Fundação Calouste Gulbenkian, o projeto 10×10 fomenta a colaboração entre artistas e professores de diversas disciplinas do ensino secundário, com o objetivo de desenvolver estratégias de aprendizagem eficazes na captação de atenção, motivação e envolvimento dos alunos em sala de aula, tendo por base as áreas do conhecimento com que lidam quotidianamente e as matérias curriculares. Aos professores, são concedidas novas ferramentas e abordagens para incrementarem o interesse e participação dos mais jovens nas suas aulas.

Na Escola do Cerco junta-se História, Educação Física e teatro

Nesta edição, no Porto, participam 26 alunos do 10 º ano de escolaridade da Escola Básica e Secundária do Cerco, onde a atriz e encenadora Rosário Costa trabalhou com as professoras Paula Santos (História) e Dárida Castro (Educação Física), tendo a coordenação ficado a cargo de Luísa Corte-Real, responsável pelos Projetos Educativos do Teatro Nacional São João (TNSJ). O desafio começou no início do ano letivo, com o tema da Civilização Grega e Romana a ser o mote para os exercícios de acrobacia que agora se materializam na representação de edifícios da civilização romana ou em ritmos que simulam exércitos.

Na apresentação pública de dia 25 de fevereiro, apresentam-se resultados, partilham-se processos e promovem-se dois debates entre todos os envolvidos, com moderação de Maria de Assis Swinnerton, diretora do Programa Gulbenkian Educação para a Cultura e Ciência, e de Joaquim Azevedo, investigador e Professor Catedrático da Universidade Católica Portuguesa.

Lançamento do livro 10 x 10 Ensaios Entre Arte e Educação

Às 17h30, também no Mosteiro de São Bento da Vitória, decorre o lançamento do livro 10 x 10 Ensaios Entre Arte e Educação, uma edição da Fundação Calouste Gulbenkian, com edição de Maria de Assis, Elisabete Xavier Gomes, Judith Silva Pereira e Ana Luísa Oliveira Pires. A sessão conta com a presença de Maria de Assis, Nuno M Cardoso (TNSJ), Paula Oliveira Cruz (Escola do Cerco) e Lara Soares (CCVF). O livro está disponível para download gratuito no site da Fundação Calouste Gulbenkian.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments