Alceu Valença apresenta “Valencianas” na Casa da Música

Foto de Naty Torres
Foto de Naty Torres

Alceu Valença, a comemorar 40 anos de carreira, vai atuar na Casa da Música, no Porto, um concerto agendado para dia 19 de janeiro, pelas 21h30, na sala Suggia. No dia seguinte subirá ao palco do Teatro Tivoli, em Lisboa.

O cantautor pernambucano e a orquestra Ouro Preto, dirigida pelo maestro Rodrigo Toffolo, vão apresentar, pela primeira vez no nosso país, “Valencianas”.

Este espetáculo explora as particularidades que tornam a obra do cantor um marco na história da música popular brasileira, em que se fundem a guitarra, o violão, o baixo eléctrico, a bateria e a percussão com instrumentos típicos da sonoridade nordestina como a sanfona, zabumba, tampa de panela, rabeca e marimbau que, por sua vez, se unem a uma orquestra de cordas.

O público terá oportunidade de ouvir a versão sinfónica de sucessos como “Anunciação”, “Tropicana”, “Girassol”, “Coração Bobo”, “La Belle Du Jour” e “Sete Desejos”, mas também “Talismã”, “Porto da Saudade”, “Acende a Luz”, “Sino de Ouro” e “Ladeiras”.

De acordo com o maestro Rodrigo Toffolo, “o desafio é respeitar aquilo que torna a obra de Alceu Valença única. O espetáculo é grandioso e busca evidenciar a mestria do cantor e a nordestinidade inerente à sua obra, capítulo fundamental na história da música brasileira, que contribuiu, inclusive, para a ideia de MPB que temos hoje”.

Segundo Alceu Valença, “num mundo dominado pela indústria do entretenimento, onde tudo é dinheiro e há pouco sentimento, a música de orquestra é uma forma de transcendência”.

 

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments