A lua é avermelhada em 1887

Blood Moon

“Blood Moon” é o destaque da noite de hoje do Fantasporto, filme de Jeremy Wooding que será exibido, em antestreia mundial, às 23h00 no Grande Auditório do Teatro Municipal do Rivoli.

Em 1887, no Colorado (EUA), uma cidade deserta é iluminada por uma lua cheia avermelhada. Uma diligência cheia, um pistoleiro enigmático e uma série de passageiros, numa combinação pouco usual e bem-sucedida de “cowboys”, humor e fantasia. Antes será apresentada a curta-metragem “The Substitute”, de Nathan Hughes-Berry, também uma antestreia mundial.

Ainda pela noite, às 21h15, “Memories on stone”, de Shawkat Amin Korki, é um drama que retrata o genocídio do povo curdo no Iraque na campanha Anfal, em 1988. Foi selecionado no Festival de Karlovy Vary.

Durante a tarde destaque para a antestreia europeia, às 16h45, de “Handy”, realizado por Vincenzo Cosentino, numa história em que uma mão se separa do corpo a que pertencia.

No Pequeno Auditório fala-se português durante a tarde com a exibição, às 15h15, de “A porta 21”, de João Marco, em antestreia mundial. Um filme neo “noir”, psicologicamente negro, filmado a preto e branco.

Todas as informações na página do Facebook do Fantasporto.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments